Corporeidade: Revisão do Conceito e Implicações Epistemológicas na Educação Física

Por: .

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho constitui-se como parte da tese de doutorado concluída em 2004
que tinha por objetivo da pesquisa de analisar a cognição humana como
emergente de fatores complexos e não-lineares numa corporeidade como
experiência vivencial e significativa no processo de aprender num entorno
ecologicamente situada. Pressupostos desta abordagem: 1) O trabalho cognitivo
em instituições educacionais caracteriza-se por abordagem dicotomizada entre
as bases biológicas do cérebro e da mente, privilegiando-se os aspectos
discursivos; 2) Apesar dos avanços conceituais em algumas ciências
(neurociências, etologia, psicologia cognitiva, IA, filosofia da mente) as
repercussões destes conhecimentos no aprender, como processo vital, ainda
não avançou no fazer pedagógico; 3) Neste trabalho o processo de conhecer é
conceituado como sistema complexo cuja emergência numa corporeidade
ecologicamente situada implica múltiplos e diferentes fatores que necessitam
de atenção variada para o desenvolvimento harmônico; 4) Todo ser humano
somente existe enquanto corporeidade viva e concreta -num contexto
delimitado em estrutura e organização. Os estudos apontam que a cognição
não é apenas uma função específica do córtex cerebral, mas um processo em
emergência de sistemas complexos em dinâmicas não-lineares. Metodologia:
realizou-se uma revisão bibliográfica nas atuais pesquisas em neurociências,
Inteligência artificial, epistemologia evolutiva, ciências cognitivas, procurandose a construção de reflexões sobre as implicações pedagógicas destas áreas e
aplicação de atividades de corporeidade em grupos de alunos através de oficinas
de trabalhos. Nossa intenção é debater a questão da corporeidade também
como dinâmica do conhecer enquanto processo vital alavancado em categorias
ligadas aos sistemas complexos e auto-organizativos de dinâmicas não-lineares.
Também foram desenvolvidos oficinas de vivências com dois grupos de
trabalho diferenciando-se pela aplicação de vivências cujo foco de reflexão era
a utilização de técnicas corporais como fator de aprendizagem. Conclusões:
As implicações conceituais das áreas pesquisadas e o relato dos participantes
apontam preliminarmente para esta vertente de pesquisa como um foco
produtivo de futuras investigações e possibilidade de aplicações pedagógicas
significativas no cotidiano da educação.

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/69_Anais_p339.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.