Corporeidade e Terceira Idade: a Marginalização do Corpo Idoso

Por: Regina Maria Rovigati Simões.

132 páginas. 1992

Send to Kindle


Resumo

O presente trabalho procurou confrontar a produção acadêmica sobre o tema "Corporeidade na Terceira Idade", nas áreas social, psicológica e biológica, com o discurso do ser idoso a respeito de seu próprio corpo. A questão geradora da pesquisa de campo, respondida por 150 integrantes do Projeto Universidade da Terceira Idade da Universidade Metodista de Piracicaba – UNIMEP, foi assim redigida: ,- O que é para você e como você vê o seu corpo? ,A análise do conteúdo das respostas de 34 sujeitos, escolhidos segundo critérios da metodologia proposta por Bardin (1977), revelou a produção de duas categorias gerais – como os idosos se referem ao próprio corpo e como eles identificam o julgamento que outras pessoas fazem a respeito de seus corpos – e treze subcategorias. O grupo pesquisado demonstrou trabalhar o fenômeno da corporeidade com certa naturalidade, referindo-se ao corpo, predominantemente, no tempo presente, numa interpretação dualista onde o corpo serve ao intelecto, espírito ou alma e, mesmo com algumas restrições estéticas ou funcionais, revelou gostar do corpo idoso.

Endereço: http://www.nuteses.temp.ufu.br/tde_busca/processaPesquisa.php?pesqExecutada=2&id=215&listaDetalhes%5B%5D=215&processar=Processar

Comentários


:-)





© 1996-2014 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.