Corpos e Culturas Entre a Ginga da Capoeira Angola e as Memórias de Mestre Nô na Ilha de Itaparica

Por: Angra Silva Paiva, Leandro de Oliveira Accordi e Maria Cecília de Paula Silva.

XXI Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e VIII CONICE - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO

Objetivou reconhecer e registrar a capoeira angola desenvolvida por Mestre Nô, septuagenário morador da comunidade de Coroa (Ilha de Itaparica), fundador do grupo Palmares capoeira Angola e conhecedor desta arte do corpo, com quem iniciamos a pesquisa histórica e memórias sobre esta expressão da cultura corporal. A manifestação da capoeira revela uma visão de mundo, uma forma de organização social e espacial, posturas éticas de companheirismo, solidariedade, ritmos e gestos relevantes para o conhecimento de nossa história e cultura e reconhecimento de inúmeras expressões de lutas contra a opressão, principalmente as que representam as populações afrodescendentes e indígenas.

Ver Arquivo (PDF)

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.