Corpos Femininos em Debate: Ser Mulher na Ginástica Rítmica

Por: e Patrícia Luiza Bremer Boaventura.

Movimento - v.26 - 2020

Send to Kindle


Resumo

Tomando como referência observações e discursos de atletas e treinadoras de ginástica rítmica (GR), por meio da etnografia como perspectiva metodológica, busca-se discutir algumas das múltiplas inscrições nos corpos femininos e algumas de suas representações. Demarcam-se tipos de feminilidades nessa modalidade esportiva em que os corpos são educados e apresentam características que nos ajudam a refletir os padrões de feminilidade. As análises deste estudo contribuem para um debate acerca das relações de gênero no esporte, incorporação e reprodução de discursos referentes ao corpo feminino e os contrapontos entre feminilidades e masculinidades.

Endereço: https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/90272

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.