Correlação Entre Variáveis Antropométricas e o Comprimento e a Frequência da Braçada de Nadadores do Espírito Santo

Por: , Bernardo Maia Farage Pereira, Christine F. Bassini e Karine Jacon Sarro.

Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte - v.10 - n.1 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve por objetivo investigar o comportamento da frequência média de braçada (FMB), da distância média de braçada (DMB) e da velocidade média do nado (Vm) na técnica do nado crawl (100 m nado livre), correlacionando-as com medidas antropométricas dos membros superiores em nadadores do Espírito Santo. Participaram deste estudo nadadores capixabas de ambos os sexos. A DMB, a FMB e a Vm foram calculadas a partir do tempo oficial da prova e do número de braçadas, contados em imagem de vídeo adquirida durante a competição. Variáveis antropométricas foram medidas de forma direta. A correlação produto-momento de Pearson (p ? 0,05) foi utilizada para análise da relação entre as variáveis Vm, DMB, FMB e as medidas antropométricas. O estudo revelou correlação significativa da Vm com as medidas antropométricas para o sexo masculino, correlação negativa da FMB com as medidas antropométricas e correlação positiva da DMB com as medidas antropométricas para ambos os sexos, significativas apenas no sexo masculino. Os resultados indicam uma forte relação entre as medidas antropométricas com a diminuição da FMB e o aumento da DMB usados pelos nadadores capixabas de 100 m nado livre do sexo masculino, o que não foi observado em atletas do sexo feminino.

Endereço: http://editorarevistas.mackenzie.br/index.php/remef/article/view/3623

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.