Correlações Entre o Desempenho de Tarefas Militares Simuladas e Testes de Aptidão Física em Altas Altitudes

Por: Eduardo Borba Neves.

Motricidade - v.13 - n.2 - 2017

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi investigar as correlações entre o desempenho de tarefas militares simuladas e testes de aptidão física em altas altitudes. Esta pesquisa faz parte de um projeto para modernizar o teste de aptidão física do Exército colombiano. A recolha de dados foi efectuada no 13 thBatalhão de Instrução e Treinamento, localizado a 30 km ao sul de Bogotá DC, com temperatura variando de 1ºC a 23ºC durante o período de estudo, e a 3100m acima do nível do mar. A amostra foi composta por 60 voluntários de três diferentes pelotões. Os voluntários iniciam o protocolo de coleta de dados após 2 semanas de aclimatação a essa altitude. Os principais resultados foram a identificação de uma correlação positiva alta entre a 3 parede de assalto em sucessão e o desempenho das Tarefas Militares Simuladas (r = 0,764, p <0,001), e uma correlação negativa moderada entre as flexões e o desempenho das Tarefas Militares Simuladas ( r = -0,535, p <0,001). Pode ser recomendado o uso de 20 ultrapassagens consecutivas do muro de assalto 3 em sucessão como uma boa maneira de estimar o desempenho em tarefas operacionais que envolvem: paredes de assalto, rede de fios,

Endereço: https://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/10129

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.