Correlações Entre Parâmetros Aeróbios e Desempenho em Esforços Intermitentes de Alta Intensidade

Por: Alessandro Moura Zagatto, Carlos Augusto Kalva, Edson Itaru Kaminagakura, João Paulo Loures, Marcelo Papoti e Vanessa Holtz Franco.

Motriz - v.19 - n.2 - 2013

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi investigar as possíveis correlações entre parâmetros provenientes de um esforço intermitente de alta intensidade (RAST) e variáveis relacionadas ao metabolismo aeróbio (limiar anaeróbio; LAN, consumo máximo de oxigênio;VO2MAX e intensidade correspondente ao VO2MAX;iVO2MAX). Oito jogadores de futebol (16±1 anos) participaram do estudo. Os atletas foram submetidos a um teste progressivo para a determinação dos índices aeróbios e a seis esforços máximos de 35m separados por 10s de recuperação (RAST). As variáveis do RAST não foram correlacionadas ao VO2MAX e ao LAN. Entretanto, as potência média absoluta e relativa ao peso corporal, apresentaram correlações significativas com a iVO2MAX (r=0,79 e r= 0,85, respectivamente). O índice de fadiga e a potência pico relativa também foram significativamente correlacionados com a iVO2MAX (r=-0,57 e r=0,73, respectivamente). Pode-se concluir que em esforços como o RAST, com breves períodos de recuperação, a única variável aeróbia correlacionada ao desempenho foi a iVO2MAX

Endereço: http://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/motriz/article/view/7193

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.