Corrida de Rua: Uma Prática Democrática

Por: Letícia Fernanda Feitosa Masson.

105 páginas. 2016 17/11/2016

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivos: 1) analisar os significados da corrida de rua para os corredores da Represa Municipal da cidade de São José do Rio Preto/SP e 2) identificar e analisar a corrida de rua como uma manifestação cultural urbana e de lazer. Os corredores recebem as influências do meio em que vivem e produzem um conjunto de significados que são atribuídos a corrida de rua. O tipo de relação que esses sujeitos estabelecem com outros corredores, com o meio em que vivem e a compreensão que possuem das informações que circulam na sociedade atual sobre a corrida de rua e o modo de vida urbano, são determinantes para a construção do conjunto de significados que os corredores atribuem à tal prática. Assim, quais são os significados atribuídos à corrida de rua pelos corredores da Represa Municipal da cidade de São José do Rio Preto/SP? Quais as contribuições do referencial cultural e de lazer para a compreensão da corrida de rua? O presente estudo configura-se como uma pesquisa qualitativa. Como procedimentos metodológicos foi realizada a pesquisa bibliográfica e de campo. O levantamento bibliográfico foi realizado baseado nas obras de autores da Antropologia, Sociologia, do Lazer e da Educação Física, que se centram em um referencial sociocultural. Realizamos a pesquisa de campo com 40 corredores, todos acima de 18 anos de idade e frequentadores da Represa Municipal de São José do Rio Preto/SP. Na pesquisa de campo realizamos a observação participante na Represa, em dias de treinos e em eventos de corrida de rua. Além das observações, contatamos alguns corredores da Represa Municipal de São José do Rio Preto, por meio de questionários e entrevistas semiestruturadas para identificarmos quais os significados que esses corredores atribuem à corrida de rua. Fizemos a observação durante dois meses, na Represa, em dias alternados, e participamos de dois eventos de corrida. Após o levantamento bibliográfico e a realização das observações e entrevistas, concluímos que os significados atribuídos à corrida de rua, envolvem, explicitamente, o interesse social do lazer, isso se justifica pela questão da sociabilidade dos grupos de corrida, das redes sociais e das trocas de experiências que os corredores encontram em tal prática. Para os corredores, a corrida não é mera mercadoria a ser consumida, mas uma vivência que agrega valores sociais revolucionários, que promove o desenvolvimento pessoal e social e rompe com as barreiras sociais do lazer. Com as observações e entrevistas, foi possível compreendermos que a corrida de rua é uma prática democrática. Desta forma, este trabalho poderá contribuir para novos estudos nos campos do Lazer e da Educação Física, no sentido de favorecer o desenvolvimento de ações relacionadas à educação para e pelo lazer.

Endereço: https://www.unimep.br/phpg/bibdig/aluno/visualiza.php?cod=1597

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.