Corrida em Esteira e Exercícios de Força: Efeitos Agudos da Ordem de Realização Sobre a Hipotensão Pós-exercício

Por: Carmen Sílvia Grubert Campbell, Daniel Alexandre Boullosa, Denilson Alves Santiago, Herbert Gustavo Simões, José Fernando Vila Nova de Moraes e Rafaello Pinheiro Mazzoccante.

Revista Brasileira de Educação Física e Esporte - v.27 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisou as respostas de pressão arterial sistólica (PAS) e pressão arterial diastólica (PAD) após duas sessões de exercício concorrente realizado em diferentes ordens [aeróbio-força (AF), e força-aeróbio (FA)]. Quinze indivíduos normotensos foram submetidos a duas sessões de exercício realizadas em dias distintos na seguinte sequência AF e FA. A PAS e PAD foram medidas antes e a cada 15 min durante 60 min de recuperação pós-exercício. Houve hipotensão pós-exercício (HPE) para PAS, aos 30 min (-7,4 mmHg), 45 min (-12,14 mmHg) e 60 min (-15,14 mmHg) de recuperação na sessão AF. Já na FA houve HPE apenas aos 60 min (-8,34 mmHg) de recuperação. A variação da PAS e PAD entre as sessões revelou HPE maior aos 15 min, 45 min e 60 min na PAS; e aos 45 min na PAD comparando-se AF a FA. A realização de exercício aeróbio antes do de força resultou em maior HPE para adultos jovens.

Endereço: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-55092013000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.