Counter Movement e Squat Jump: Análise Metodológica e Dados Normativos em Atletas

Por: e Mayra Eugenio Rodrigues.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.19 - n.4 - 2011

Send to Kindle


Resumo

Diferentes modalidades esportivas utilizam a força explosiva de componente vertical como fator determinante do rendimento, entre estas destacam-se principalmente o futebol, voleibol e basquetebol. A potência dos membros inferiores é exigida nestas modalidades especificas onde o nível de força gerado pode ser o diferencial no rendimento do atleta. Assim, o counter movement jump e squat jump ou saltos com contra-movimento e sem contra-movimento, respectivamente, são procedimentos de controle usuais para treinadores, preparadores físicos e fisioterapeutas para determinar a capacidade física de um atleta, para medir o resultado de um programa de formação, e como uma medida funcional de preparação de um atleta para retornar ao esporte após uma lesão. O presente estudo reuniu informações a partir da literatura disponível sobre os principais aspectos metodológicos envolvidos na mensuração da força explosiva de membros inferiores utilizando o counter movement jump e squat jump, identificando os aspectos relacionados à validade, fidedignidade, objetividade, indicações para os mais variados desportos, recomendações metodológicas para sua aplicação e possíveis erros. Assim, oferece ao leitor um levantamento de estudos para compor uma base de dados com valores de referência em diferentes modalidades esportivas.

Endereço: http://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/1613

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.