Crescer e Permanecer no Desporto Feminino em Portugal

Por: A. Figueiredo, Carlos Eduardo Barros Gonçalves, H. Carvalho e Richard Light.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivos:
As trajetórias de 6 jovens mulheres atletas, dos primeiros passos no desporto, até à presente situação como atletas de competição, são estudadas. Este mapeamento do desenvolvimento (Markula & Denison, 2006) tem como objetivo recolher dados das histórias dos sujeitos, ordenando os fatos cronologicamente, e conferir estrutura e significado a uma sequência de experiências e identificar os fatores comuns que esclarecem a sua longa permanência no desporto

Métodos e Resultados:
Foram entrevistadas seis atletas de competição femininas, com idades entre 20-21 anos. Duas jogavam Basquetebol, duas Voleibol e duas praticavam Judo. As entrevistas foram abertas, transcritas verbatim. Foi usada análise de conteúdo para organizar e codificar os temas abordados (Strauss, 2003). As categorias que emergiram das respostas das atletas foram: percurso, orientação para objetivos, influência do treinador, amizade, satisfação com a prática, autonomia, fixar objetivos e gestão do tempo. O estudo contradiz resultados anteriores que sugerem que divertimento e prazer são essenciais à persistência no Desporto. As atletas revelam que é a perceção de realização, de esforço sério e de fazer bem as coisas que lhes dá sentido de autonomia e controle das suas agendas.

Conclusão:
De acordo com Light (2008), para que o compromisso persista, o Desporto deve conter significado intrínseco para as jovens, contribuindo para melhor organizar as suas vidas familiares, escolares e sociais. As experiências estudadas podem clarificar o tópico da persistência no Desporto, quando se olha para a Educação Física e o Desporto como instrumentos de política e não pelo seu valor intrínseco e pessoal.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.