Crescimento, Maturação Biológica e Aptidão Física e Técnica de Jovens Futebolistas: Uma Revisão.

Por: A. F. T. Seabra, A. J. B. Figueiredo, e M. O. Matta.

Revista Brasileira de Futebol - v.6 - n.1 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Objetivo: O presente artigo apresenta uma revisão de literatura sobre o estado de crescimento, maturação biológica e aptidão física e técnica de jovens futebolistas.
Métodos: Dados referentes às estas características foram observados em estudos que abordaram as variáveis relacionadas e que estão disponibilizadas nas bases de dados Medline, Scieloe Sport Discus.
Resultados: Os resultados demonstram que até aos 13-14 anos de idade a relação entre estatura e a massa corporal dos futebolistas tende ser semelhante à observada na população em geral. Após esta idade a massa corporal tende a valores superiores, aumentando a componente mesomorfa. Os estudos sugerem que entre os 10 e 16 anos uma enorme variabilidade maturacional. Entre as idades de 10 aos 13 anos todos os estágios maturacionais se encontram representados com uma tendência para a idade esquelética acompanhar a idade cronológica. No entanto, após os 13 anos e com o incremento do nível competitivo os jogadores avançados maturacionalmente tendem a dominar o jogo. Atletas promovidos a níveis competitivos superiores apresentam valores nas provas funcionais e técnicas. O desempenho técnico tende aumentar com o incremento da idade cronológica.
Conclusão: Monitorar o comportamento das variáveis estudadas auxilia no processo de formação e promoção dos jovens futebolistas.
 

Endereço: http://www.rbfutebol.com.br/edicao_revista.php?numero=1&idrevista=48

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.