Crescimento e Maturação em Escolares de 7 a 11 Anos da Comunidade Coqueiral (aracajú - Se)

Por: Diego Augusto Santos Silva, Eliane Teles dos Santos, Roberta Barreto Vasconcelos e .

XI Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho tem por objetivo verificar as características de crescimento e
maturação em escolares de 7 a 11 anos da comunidade Coqueiral (AracajuSE). Este trabalho caracterizou-se como descritivo com delineamento
transversal. A população foi composta por todos os alunos regularmente
matriculados em uma escola da rede pública da comunidade Coqueiral,
sendo a amostra composta por 174 alunos, com idade entre 7 a 11 anos,
sendo 94 do sexo feminino e 80 de sexo masculino. Foram coletados os
dados de massa corporal, estatura e nível de desenvolvimento maturacional
(através das planilhas de auto-avaliação de Tanner), tendo sido calculado o
IMC. Ressalte-se que a apresentação dos resultados tomou por referência
o estadiamento maturacional do grupo estudado. Para a análise dos dados
utilizou-se a análise de variância, o teste t para amostras independentes e o
nível de significância adotado foi p = 0,05. Como principais resultados
verificou-se não haver diferenças entre os gêneros quando considerado o
e s t adi amento ma t u r a c iona l . Qu ando cons ide r ada s a s compa r a çõe s
múltiplas, verificou-se haver diferenciação entre o gênero feminino nas
variáveis estatura (F = 7,82) e massa corporal (F=5,64), enquanto que para
o masculino, sobretudo no intervalo P1-P4 para estatura e P1-P2 para
massa corporal. Para o gênero masculino, verificou-se significância para as
va r i á ve i s e s t at u ra (F=3 , 8 1 ) e ma s s a corpora l (F=3 , 8 7 ) , t endo s ido
encontradas diferenciações em P1-P4 para estatura e P1-P3 e P1-P4 para
massa corporal. Quando comparados os gêneros verificou-se que para
estatura e massa corporal, apenas há diferenciação significativa nos estágios
P2 e P4. Conclui-se que as análises das variáveis de crescimento são dados
pertinentes, pois foi possível encontrar diferenças entre escolares de gêneros
diferenciados, com mesma idade cronológica e na mesma fase maturacional,
ressaltando a influência de fatores intrínsecos e extrínsecos sobre o processo
de crescimento. Este trabalho foi desenvolvido com bolsa PROBIC/UNIT

Endereço: http://citrus.uspnet.usp.br/eef/uploads/arquivo/66_Anais_p303.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.