Crianças, Cinema e Mídia-educação: Olhares e Experiências no Brasil e na Itália.

Por: Monica Fantin.

399 páginas. 2006 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

O trabalho procura analisar a relação das crianças com o cinema na escola, entendida como possibilidade de experiência de significação. Considerando a importância da mediação escolar no processo de apropriação, o trabalho incluiu uma pesquisa de recepção do filme O Mágico de Oz (V. Fleming, 1939), realizada com crianças de diferentes contextos sócio-culturais em duas escolas públicas de Florianópolis/SC e em uma escola pública de Treviglio, na Itália. A partir de uma concepção de mídia-educação que envolve educar com, sobre e através dos meios, foi desenvolvido um percurso para a educação cinematográfica na escola com a produção de um audiovisual para intercâmbio entre as crianças brasileiras e as italianas. Observadas as diferenças de contexto sócio-cultural e as semelhanças relativas à especificidade do “ser criança” na leitura dos filmes, algumas fronteiras foram ultrapassadas, demonstrando os diversos níveis de apropriação necessários à passagem da vivência à experiência fílmica. Nesse processo, a tríplice mediação - filme, crianças e professor(a) - na fruição, análise, compreensão criativa e produção de mídias em contextos educativos pode contribuir para que a poesia do cinema se manifeste na participação estética das crianças, na sua cultura e na experiência coletiva de significação. 

Endereço: http://ppge.ufsc.br/formularios/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.