Crianças com Desordem Coordenativa Desenvolvimental Percebem-se Menos Competentes e Evidenciam Autoconceito Fragilizado

Por: Mariele Santayana de Souza, Mônia Taina Coutinho e Nadia Cristina Valentini.

Revista Brasileira de Ciência & Movimento - v.24 - n.4 - 2016

Send to Kindle


Resumo

A Desordem Coordenativa Desenvolvimental (DCD) atinge aproximadamente 10% da população com repercussões indesejadas na vida cotidiana e em parâmetros psicossociais e cognitivos. O objetivo foi caracterizar a prevalência de DCD em crianças alfabetizadas e não alfabetizadas e identificar diferenças em tarefas motoras, nos níveis de percepção de competência e autoconceito. Foram avaliados 385 crianças (4 a 10 anos) com o Movement Assessment Battery for Children, a Pictorial Scale of Perceived Competence and Social Acceptance for Young Children e o Self-Perception for Children. Os resultados indicam prevalência de 28,6% de DCD e de 18,7% de risco de DCD. Maior prevalência de DCD foi observada em meninas, entre crianças de 9 e 10 anos, e nas crianças alfabetizadas. Crianças com DCD demonstram desempenho inferior que seus pares na destreza manual, nas habilidades com bola e no equilíbrio. Crianças com DCD mais jovens apresentaram desempenho inferior no equilíbrio. Meninos com DCD demonstraram desempenho superior as meninas com DCD nas habilidades com bola . As crianças de desenvolvimento típico (DT) de 7 e 8 anos demonstram destreza manual e equilíbrio superior que seus pares. Meninas de DT demonstraram desempenho superior na destreza manual e meninos nas habilidades com bola. Crianças não alfabetizadas com DCD se percebem menos aceitas socialmente, com menor competência motora e autoconceito que seus pares. Crianças com DCD apresentaram desempenho motor pobre, percebem-se menos competentes e evidenciam autoconceito fragilizado.

Endereço: https://portalrevistas.ucb.br/index.php/RBCM/article/view/5829

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2021 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.