Critérios de Crítica de Mídia Noticiosa: Uma Investigação a Partir da Polêmica do Livro Didático.

Por: Wania Célia Bittencourt.

162 páginas. 2014 26/09/2014

Send to Kindle


Resumo

Pesquisadores do campo da Comunicação percebem uma fragilidade no que se refere a teorias e procedimentos sobre crítica de mídia, especialmente a de produtos jornalísticos, que tem caráter esporádico e escassa discussão sobre critérios e valores. Com base neste cenário, esta pesquisa elege como objeto de estudo a crítica de mídia noticiosa e seus critérios, orientando-se por dois objetivos: (1) identificar critérios subentendidos nas impressões críticas da sociedade sobre as práticas e os processos jornalísticos e (2) fazer exercícios de crítica de mídia noticiosa, buscando observar problemas nas notícias analisadas, inferir e sistematizar critérios técnicos para se fazer a crítica. A crítica aqui proposta fundamenta-se na perspectiva dos Estudos Culturais, abordagem teórica que considera o jornalismo uma prática cultural por envolver sentidos entre produtores, receptores e notícias. Toma-se como objeto empírico o acontecimento jornalístico que ficou conhecido como a polêmica do livro didático, ocorrida no Brasil em maio de 2011, composto de dois corpora: (a) a repercussão crítica sobre as notícias, reunidas no dossiê Por Uma Vida Melhor, organizado pela ONG Ação Educativa, e (b) as próprias notícias sobre o livro publicadas no Portal IG, veículo que originou a polêmica

Endereço: http://ppgjor.posgrad.ufsc.br/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.