Crítica Ao Senso Comum Como Referencial Teórico no Ensino-aprendizado do Voleibol

Por: Luiz Alberto Batista.

I Congresso internacional de Educação Física de Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar, segundo o conceito gramsciano de senso comum (GRAMSCI, 1981), os procedimentos pedagógicos dos alunos-mestres e professores de Educação Física durante o processo de ensino-aprendizagem do voleibol, para iniciação de crianças entre 9 e 11 anos.Entendendo que "... o jogo é um direito humano, por constituir um campo de realização existencial do homem ..." há a "...necessidade de garantiras condições de realização deste postulado" (Bento, 1987), efaz parte destas condições um ensino de qualidade e eficiente. Orientar o processo de ensino-aprendizagem de esportes é uma das competências do professor de Educação Física e em uma sociedade como a nossa, para muitas crianças a escola seria a única oportunidade de aprender práticas desportivas com a orientação deste. No entanto, no caso do voleibol, a avaliação de dados coletados em um período de cinco anos demonstra que grande parte dos professores, mesmo quando possuem todas as condições de desenvolver um trabalho de qualidade, não conseguem fazê-lo e a análise crítica da questão aponta para a falta de fundamentação teórica como sendo uma das prováveis causas. Por um lado os alunos-mestres e professores que trabalham com voleibol têm fundamentado sua praxis pedagógica em concepções de senso-comum. Por outro a literatura específica desta área, com raríssimas excepções, não tem se preocupado - segundo a revisão bibliográfica efetuada - em fornecer teorias científicas. Como agravante há ainda elevada permeabilidade da Educação Física ao senso-comum. No entanto a praxis peda-gógica dos autores deste trabalho tem demonstrado ser possível filtrar as concepções deste senso-comum. A fundamentação em teorias de Aprendizagem Motora, e em conhecimentos de Biomecânica e Fisiologia possibilitaram definir com alguma segurança: a) até onde conduzir o aprendizado dos alunos dentro de um determinado espaço de tempo; b) como classificar exercícios de acordo com a fase de aprendizagem motora de uma habilidade; c) os procedimentos importantes que o professor deve tomar em momentos distintos da aprendizagem; d) como conhecer, identificar e corrigir o erro.
* Apoio financeiro - CAPES

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.