Criticidade, Dança e Atividades Ritmicas

Por: Alex Sousa Pereira, Cássia Faria, Cláudio Oliveira, Miguel Reis, Talita Barbosa e Vitoria Frondola.

XVIII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte e V Conice - CONBRACE

Send to Kindle


Resumo

A dança é uma das formas mais antigas de se expressar. Conforme Nanni (1995) a dança nasceu e teve seu desenvolvimento no momento que o homem percebeu a necessidade de se comunicar. A dança é uma da expressões que integra a arte e contribui para a aprendizagem e a formação humana. O que tentamos compreender é por que este conteúdo ainda não é considerado essencial para o currículo escolar. Há muitas vantagens da inserção da dança na escola, no entanto alunos de ensino fundamental e médio são muitas vezes desprovidos desse tipo de aprendizagem. Tomados por essa afirmação, realizou-se o projeto em pró de introduzir a dança na escola por meio de jogos e brincadeiras para um desenvolvimento sócio cultural, motor e da criticidade.Este trabalho consiste num relato de experiência de dança, com alunos de cinco turmas do quinto ano, do ensino fundamental em uma escola de Lavras, Minas Gerais. Realizado entre outubro a dezembro de 2012, a atividade consistiu em apresentar novos estilos de dança a alunos.Começamos pelo conhecimento prévio dos alunos. Discutindo com a turma sobre o tema. Contextualizamos da dança, refletimos com os alunos para esclarecer o significado da dança estabelecida em diferentes aspectos, como seu caráter histórico.

Endereço: http://cbce.tempsite.ws/congressos/index.php/conbrace2013/5conice/paper/view/5563

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.