Cultura Corporal das Meninas: Análise Sob a Perspectiva de Gênero

Por: André Gustavo Alves Teixeira.

Motriz - v.7 - n.1 - 2001

Send to Kindle


Resumo

O objetivo do presente estudo foi analisar a situação das meninas de Viçosa-MG, em relação à participação em atividades físico-esportivas dentro e fora da escola. Para isto, aplicou-se um questionário em 115 crianças do Ensino Fundamental. Os resultados indicaram que: 100% das meninas com envolvimento nas modalidades de voleibol, handebol, basquete e futebol, e 98,2% dos meninos com envolvimento nas modalidades de futebol, voleibol, basquete, handebol e lutas gostavam de esportes. Metade das crianças (55,7%) afirmaram brincar com crianças do sexo oposto e todas (100%) gostavam das aulas de educação física, durante o recreio as meninas brincavam de pique, polícia ladrão, amarelinha, dançavam, conversavam e merendavam; enquanto os meninos brincavam de pique, garrafão, polícia ladrão e futebol. Fora da escola, as meninas ajudavam a mãe, estudavam e assistiam TV. Os meninos estudavam, assistiam TV, ajudavam a mãe e trabalhavam. Observou-se uma forte presença de estereótipos machistas que distanciavam as meninas da prática de atividades físico-esportivas e dificultavam o relacionamento entre meninos e meninas. Palavras chave: Gênero, atividades físico-esportivas, educação física

Endereço: http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/07n1/ATeixeira.pdf

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.