Cultura Corporal e Religião: Alguns Apontamentos Históricos

Por: Róbson Loureiro e .

IV Encontro Nacional de História do Esporte, Lazer e Educação Física - CHELEF

Send to Kindle


Resumo

A prática de atividades Físicas, desde os primórdios do desenvolvimento das primeiras sociedades humanas, tem uma íntima relação com as práticas místicoreligiosas desenvolvidas pelos seres humanos: Nas sociedades tradicionais, as práticas corporais, assim como todas as atividades sociais, estiveram fortemente marcados pela influência da religião. A religião constituía-se no primeiro discurso, no centro, que focaliza o sentido das práticas sociais e culturais e as dota de significação (por exemplo o jogo de pelota entre os mayas). (Bracht in Ferreira Neto et alii. 1995, p. 37) Nas primeiras formações sociais, não existia uma instituição específica encarregada da transmissão dos conhecimentos da comunidade. A educação era realizada no próprio processo produtivo, ou seja. educação pelo trabalho. (Cf. Brandão, 1989, p.7-26 ; Ponce. 1991, p. 17-34 ) Os mais jovens aprendiam fazendo, realizando as atividades desenvolvidas pelos mais experientes do grupo: portanto, a coletividade era responsável pela formação de seus membros. O ensino da caça, por exemplo, era realizado na prática de caçar, na qual os membros do grupo desenvolviam não só os seus conhecimentos "teóricos", mas tinham a oportunidade de desenvolver o potencial e as habilidades perceptivo-motoras necessárias â realização de qualquer atividade produtiva - pesca, artesanato, agricultura, a guerra etc. 

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.