Cultura de Per Si do Futebol

Por: Jorge Vasconcellos.

Revista USP - n.99 - 2013

Send to Kindle


Resumo

A tradição ensaística ao abordar o futebol, ao menos no Brasil, quase sempre sustenta os argumentos atribuindo primazia à matriz sociológica. Neste artigo, distintamente à tradição, ocupamo-nos em propor uma abordagem inerente às práticas e características do esporte mais popular do planeta, aqui identificada pela expressão de per si. Para compreender o futebol pela lente de sua própria natureza, utilizamos fartamente como referência depoimentos de grandes jogadores da história do futebol brasileiro estampados na obra Recados da Bola – Depoimentos de Doze Mestres do Futebol Brasileiro, além de trechos de artigos e crônicas de Décio de Almeida Prado, Mario Filho e Nelson Rodrigues. Dentre todos os depoimentos que compõem Recados da Bola, o mais abundantemente utilizado foi o de Valdir Pereira, o Didi, gênio cerebrino que, segundo o jornalista Sérgio Augusto (2004), “parecia uma figura pintada por Modigliani, um cisne negro cheio de manhas e truques”.

Endereço: https://www.revistas.usp.br/revusp/article/view/76226

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.