Cultura e Ludicidade em José Ortega Y Gasset e Johan Huizinga

Por: Norma Côrtes.

Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro - v.173 - n.459 - 2012

Send to Kindle


Resumo

A partir das ideias que Ortega y Gasset formulou em El origen deportiva del Estado (1924), este ensaio explora a principal obra de Johan Huizinga, Homo Ludens. O jogo como elemento da cultura (1938), e inscreve os argumentos desses pensadores no interior dos debates teóricos acerca da origem da sociedade e da vida civilizada. PALAVRAS-C

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.