Cutura Organizacional, Fluxo de Informações e Gestão do Conhecimento: Um Estudo de Caso.

Por: Tassiane Lückemeyer Altissimo.

167 páginas. 2009 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho objetiva verificar a influência da cultura organizacional na gestão do conhecimento visto como recurso organizacional, onde fluxos informacionais, resultantes do processo de comunicação, podem possibilitar melhores resultados em ações nas organizações. Muitas estratégias são utilizadas para a transferência e compartilhamento das informações, como os processos de comunicação, utilizados para que o conhecimento seja disseminado, assimilado e utilizado em prol da organização, gerando assim a vantagem competitiva. Este estudo utilizou a leitura da cultura para observar a gestão do conhecimento e seus fluxos. Quanto aos procedimentos, o método de pesquisa é o estudo de caso e quanto aos objetivos, a pesquisa é descritiva. Como técnica de levantamento de dados utilizou-se um questionário com perguntas abertas e semi-estruturadas, observação sistemática e análise documental. Para analisar os dados da pesquisa utilizou-se o modelo interpretativo. Os resultados mostraram que a organização pesquisada, de cultura familiar, influencia no fluxo de informações e na gestão do conhecimento. Esta influência ocorre em uma organização orientada para o conhecimento, com investimento em instrumentos de comunicação que viabilizam o fluxo das informações. Os quatro modos de conversão ocorrem resultando em uma gestão do conhecimento que corresponde às ações de criar, adquirir, compartilhar e utilizar o conhecimento.  

Endereço: http://pgcin.paginas.ufsc.br/

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.