Da Afetividade e Efetividade: Uma Trilogia

Por: .

Blog do Bramante - 2010

Send to Kindle


Amigos:

          Quando escrevi o último texto do blog sobre os 22 anos de ENAREL, minha intenção (inclusive, declarada) era explicitar aqui como eu vejo o “presente-futuro” desse importante evento acadêmico no campo do lazer, mas como habitualmente ouvimos, “fui pego no contrapé”, ao participar como professor convidado, pela décima vez (portanto, desde a primeira turma) do Curso de Especialização em Lazer e Recreação, promovido pelo Centro de Estudos de Lazer e Recreação – CELAR – da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional da Universidade Federal de Minas Gerais, na semana passada. Lá desenvolvi um módulo de 30 horas versando sobre o tema deste blog, “Gestão do Lazer”.

          Não é novidade para ninguém que estuda e atua no campo do lazer que o CELAR representa hoje um dos centros de excelência no país, contando, além desse curso, com a revista LICERE, provavelmente o único periódico indexado brasileiro exclusivo da área; tendo instituído o seminário “Lazer em Debates”, com significativa repercussão entre os pesquisadores no campo do lazer (hoje com novas universidades parceiras); com um mestrado interdisciplinar dedicado a área, com três linhas de pesquisas em franco desenvolvimento e com um doutorado em um horizonte não muito distante.

          Nesse curso de especialização, com aproximadamente 20 alunos, maioria, como de hábito, vindo da Educação Física, contou também com egressos dos cursos de direito, turismo, estudos sociais, administração, entre outros e estavam completando o terceiro e último módulo. Esse curso contou com 14 disciplinas e, com todos os meus limites de análise, ousei “classifica-las” e percebi que sete delas abordavam o lazer numa perspectiva predominantemente conceitual, quatro outras dirigidas para metodologia da pesquisa e três, digamos, com predominância de técnicas aplicadas a esse campo de estudo e intervenção. A minha era a única que tratava da “administração” (hoje, “gestão”) do lazer.

          Ao final de mais essa experiência, o que pude constatar, uma vez mais, o alto grau de interesse dos alunos em conhecer mais e melhor os preceitos de gestão aplicados a essa complexa faceta da vida humana. Cada qual, dentro de um amplo espectro de interesse no campo do lazer, desejava conhecer como desenvolver “ferramentas” que pudessem avaliar o impacto do lazer na sociedade.

          Portanto, dentro de um clima de total “afetividade” do curso, senti algo parecido como nasceu e desenvolveu-se o ENAREL (cuja “trilogia” concluo na semana que vem).

Eu creio que agora se faz urgente a busca da “efetividade” nas ações empreendidas no campo do lazer.

          Forte abraço

Bramante

PS (1): como os alunos desse curso “prometeram” me seguir neste blog, quero expressar minha gratidão a cada um deles, pelo carinho (“afetividade”) e dedicação (“efetividade”)!

PS (2): enquanto escrevia este texto, recebo do Laércio a notícia da morte de Ruy Krebs, amigo de longa data. Consternado, não posso deixar de compartilhar meu primeiro contato com Ruy, quando fui docente num curso de especialização em recreação e lazer em Belém (época de Nagib!). Na sala ao lado acontecia um outro curso de especialização, aparentemente “mais sério” que o nosso, comandado pelo Prof. Dr. Ruy Krebs. Descobrimos que durante o período do curso ele faria aniversário e encontramos uma forma de nos aproximarmos: planejamos como conteúdo do nosso curso, dentro da perspectiva da animação sócio-cultural, um “aniversário temático” surpresa para ele… Nem preciso contar o resto da história, pois quem o conheceu sempre soube que ele era uma dessas pessoas “sérias”, mas não “sisudas”… Mais um exemplo de “afetividade e efetividade”…

Por Bramante
em 12-12-2010, às 16:21

4 comentários. Deixe o seu.

Minha praia não é o “lazer”, mas “afetividade” transparece bem minha intenção ao deixar este comentário.
Dar-lhe os parabéns por mais este espaço de reflexão que vc criou, desejar-lhe muito sucesso e dizer-lhe da minha admiração por vc, não só como profissional, mas como amigo e cúmplice. Um abração!

Por rubens osorio
em 12-12-2010, às 17:52.

Hey Bramante! Muito bom poder contar com teus conhecimentos e experiências vividas, não só na teoria, mas tambem na prática…que creio eu, foi o que mais nos impressionou. Você não se volta somente para o que os livros dizem…faz questão de buscar uma melhora na vida das pessoas e chegar às suas próprias conclusões.
Espero poder carregar tua amizade pelos longos anos que a vida há de nos dar!
Nos vemos em breve,
Aline.

Por Aline
em 13-12-2010, às 9:36.

Bramant você é show.O comentário deste modulo da especialização é você,você e você.Toda hora tem um falando em adesão e aderência.Eu já adorava seus livros e percebi que vocé pessoalmente e muito melhor.A cartinha ainda vai chegar.Ate breve.

Por CATIA REGINA GOMES COSTA
em 16-12-2010, às 21:07.

Bramante!
Muito bom ler os seus textos e os comentário que falam da gente melhor ainda!
Foram dias muito bons na sua presença!
Prazer d+ te conhecer e maior ainda aprender com seus ensinamentos…
nos vemos em breve!
Bjos

Por Linda
em 21-12-2010, às 22:09.

Endereço: https://web.archive.org/web/20101225032854/http://blog.cev.org.br/bramante/2010/da-afetividade-e-efetividade-uma-trilogia/

Tags: ,

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.