Da Fábrica Ao Campo, Vender Tecido e Vender Espetáculo: Tecendo os Fios da História de Um Casamento Feliz

Por: e Sérgio Dorenski Dantas Ribeiro.

XXVII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação - Intercom

Send to Kindle


Resumo

Este estudo analisa o fetiche produzido pela mercadoria esporte, a partir de uma situação concreta: o surgimento de um Clube de Futebol de Fábrica (Associação Desportiva Confiança) na cidade de Aracaju/SE no ano de 1949. Tendo como matriz teórica o materialismo histórico e a crítica à economia política, parte do conceito de mercadoria e de sua metamorfose analisando o esporte em suas várias dimensões de entendimento na modernidade e na sua aproximação com a mídia quando esta media o seu espetáculo. A metodologia configura-se numa abordagem qualitativa, partir do método dialético, cujo os procedimentos para a coleta de dados incluem a captura em jornais, com recortes no período de 1949 a 1970 e entrevistas. A interpretação dos dados realiza-se por meio da análise de conteúdo e que já aponta alguns resultados preliminares, como o caráter mercadoria e espetáculo do esporte.

Endereço: http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2004/index.html

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.