Da Psicologia do Esporte Que Temos à Psicologia do Esporte Que Queremos

Por: .

Revista Brasileira de Psicologia do Esporte - v.1 - n.1 - 2007

Send to Kindle


Resumo

Há algumas décadas a Psicologia do Esporte no Brasil vem se organizando e se firmando como uma realidade tanto entre a Psicologia, nos aspectos relacionados com a formação, como também junto a atletas e equipes esportivas. A partir da resolução 014/00, do Conselho Federal de Psicologia, esse quadro sofreu uma drástica alteração, uma vez que a Psicologia do Esporte passou a ser considerada como uma especialidade da Psicologia, regulamentando o exercício profissional e a formação dos psicólogos desejosos de atuarem junto à Psicologia do Esporte. Esse artigo tem por objetivo analisar o desenvolvimento da Psicologia do Esporte apontando suas especificidades no Brasil, bem como sua proximidade com a Psicologia Social e a singularidade do trabalho clínico nesse contexto. Para tanto descreve as várias áreas onde a atuação do psicólogo ocorre e a singularidade desse fazer profissional em um país como o Brasil que apresenta uma estrutura esportiva singular dentro do contexto internacional.

Endereço: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_pdf&pid=S1981-91452007000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.