Da Suficiência à Graduação: Percursos da Formação em Educação Física no Ceará - 1950 - 1970

Por: João Airton de Matos Pontes.

2013 22/07/2013

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho é um estudo histórico sobre o ensino e prática da Educação Física desde fase em que o educador físico era habilitado pela prova de ‘suficiência’ até a criação dos Cursos de Graduação em Educação Física, no Ceará, no período 1950 a 1970. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, exploratória e descritiva, sobre o processo histórico da formação do professor para ministrar aulas desse componente curricular em Instituições de Ensino Fundamental e Médio e nas Instituições de Ensino Superior. O objetivo geral do estudo foi compreender a dimensão histórica do processo de formação e prática dos professores de Educação Física, em Fortaleza, entre os anos de 1950 e 1970. Nessa perspectiva, procurou-se conhecer a dinâmica pedagógica dos processos de ensino e aprendizagem dos professores de Educação Física na cidade de Fortaleza, no período de 1950 a 1970; identificar os impactos, na dinâmica pedagógica da prática docente, ocorridos com a criação do Curso Superior de Educação Física, na cidade de Fortaleza, na década de 1970; conhecer e entender a ‘grade curricular’ desses cursos, à luz da proposta de um saber acadêmico para a formação de professores de Educação Física, para as escolas de ensinos Fundamental e Médio, em Fortaleza, no contexto das reformas educacionais, a partir da década de 1970. O trabalho foi fundamentado em pesquisa bibliográfica em autores que tratam da importância das atividades físicas e da Educação Física como disciplina curricular. Realizou-se ainda, uma pesquisa de campo, cujo instrumento de coleta de dados e informações foi a entrevista que, pela sua forma de estratégia, torna-se uma das ferramentas de relevância por estabelecer relações entre o pesquisador e os sujeitos envolvidos no processo investigativo. Foi ainda utilizado o recurso da investigação na Hemeroteca da Biblioteca Pública Menezes Pimentel por se tratar de armazenamento de grande valor para a pesquisa de natureza histórica e com recorte local. Desse modo, foram utilizadas fontes múltiplas para colher as evidências, na perspectiva de responder as perguntas e objetivos propostos para a constituição de uma história da Educação Físicaespecificamente do processo de formação dos profissionais da área no Estado do Ceará. A pesquisa viabilizou o conhecimento do percurso histórico da criação do primeiro Curso de Educação Física em Instituição de Ensino Superior do Ceará, ao mesmo tempo em que se vivenciaram os momentos que antecederam à implementação da legalização do curso superior, norteado através de lei e os percursos vividos pelos atores envolvidos no processo. Concluiu-se que o estudo pode subsidiar outras investigações sobre o tema, abordando outras linhas de raciocínio e técnicas na elucidação dos fatos. Acredita-se que a pesquisa possibilitou, também, discussões e entendimentos sobre a história da Educação Física do Ceará e mostrou que as leis foram importantes para o desenvolvimento da Educação Física, e regulamentação de sua prática e da atuação de seus professores. No Ceará, essa legalização se iniciou na década de 1960, com o curso da CADES, cuja influência política foi preponderante ao pleito

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.