Dança, Cognição e Afetividade em Uma Escola Rural de Tempo Integral da Educação Básica: Contribuições de Uma Experiência

Por: Lúcia Maria da Silva.

170 páginas. 2016 14/03/2016

Send to Kindle


Resumo

Pretendemos neste estudo investigar as contribuições da dança para o desenvolvimento da cognição e da afetividade no âmbito educativo, procurando evidenciar a sua importância como facilitadora do processo de ensino e de aprendizagem, visto que ela pode ser compreendida como recurso para a formação artística, crítica, cultural, estética, social e física dos alunos. Neste contexto, ressalta-se a necessidade de um trabalho com movimento, engajado nos demais componentes curriculares do ensino fundamental, sobretudo em escolas que funcionam em tempo integral. Tem-se como objetivo principal a investigação das relações entre dança, cognição e afetividade, bem como as contribuições desses elementos para a educação de crianças a partir de uma experiência em uma escola rural de tempo integral da Educação Básica no município de Goiânia. A pesquisa sugere um estudo de caso qualitativo. A fundamentação teórica do trabalho destaca Vygotsky (1991), Wallon (1975), Breton (2011), Merleau-Ponty (1999), Damásio (2000), Maturana e Varela (2001), entre outros, e, para embasar a investigação no contexto específico da dança e das artes em geral inseridas na educação, este estudo prevê a releitura dos trabalhos de Marques (2003), Strazzacappa (2001), Saraiva-Kunz (2003), Laban (1990), Dantas (1999b) e Vianna (2008).

Endereço: https://repositorio.bc.ufg.br/tede/handle/tede/5682

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.