Das Relações Entre Escrita e Performance: o Futebol em Moçambique Colonial

Por: Nuno Domingos.

Projeto História. Revista do Programa de Estudos Pós-graduados em História - n.49 - 2014

Send to Kindle


Resumo

Partindo do caso particular do desenvolvimento do jogo de futebol nos subúrbios da capital de Moçambique colonial - Lourenço Marques - este texto procura pensar a relação entre a performance corporal e a escrita. O seu objetivo principal é interpretar a forma como os regulamentos e códigos escritos que permitiram a disseminação de uma versão ortodoxa de futebol moderno pelo mundo foram adotados pelos habitantes do subúrbio de Lourenço Marques. Argumentar-se-á que se a escrita foi fundamental para fixar uma base performativa, a sua moral está sujeita a transformações contextuais, negociações e subversões. Desse modo, o futebol do subúrbio pobre de Lourenço Marques absorveu um conjunto de moralidades e sentidos práticos que remetem necessariamente para a experiência social específica desta periferia sob domínio colonial.

Palavras-chave


Colonialismo. Futebol. Modernidade. Moçambique.

Endereço: http://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/19037

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.