De Carrinho Pela Cidade: a Prática do Street Skate em São Paulo

Por: Giancarlo Marques Carraro Machado.

2011 21/10/2011

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa parte da análise dos múltiplos sentidos atribuídos à prática da modalidade street skate em São Paulo. Por meio da etnografia pretende-se evidenciar não só aspectos em torno do exercício de uma prática esportiva, mas, sobretudo, as implicações em virtude dos usos e apropriações dos espaços urbanos por parte dos citadinos. De uma forma bem ampla, vislumbra-se mostrar como a cidade pode ser lida e ordenada simbolicamente por meio de um olhar skatista. A partir do trabalho de campo realizado pretendeu-se descrever, analisar e acompanhar até onde fosse possível o que perpassou as redes criadas através de um evento chamado Circuito Sampa Skate. Nesse sentido, ao pesquisar os diversos lugares skatáveis da cidade e seus respectivos picos, a referência etnográfica não é um único espaço ou aglutinações de pessoas, mas sim, uma multiplicidade de espaços e de atores que se encontram articulados por meio de redes mais amplas de relações. Desse modo, tem-se a chance de relacionar os distintos recortes inseridos no universo do street skate em São Paulo, sendo esse não definido a priori, mas construído a partir de discursos, práticas e representações heterogêneas, e em meio a uma dinâmica relacional que se manifesta situacionalmente.

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8134/tde-05062012-160404/pt-br.php

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.