De Seul a Pequim: As Medalhas Olímpicas que o Brasil não Conquistou Estão Fazendo Falta?

Por: José Luis Simões.

I Congreso Latinoamericano de Estudios Socioculturales Del Deporte - ALESDE

Send to Kindle


Resumo

Este artigo tem como objetivo refletir as Olimpíadas como movimento político, cultural e esportivo. O recorte para análise se pauta nos últimos seis eventos olímpicos, ou seja, de 1988 a 2008. A necessidade de fazer um balanço do movimento olímpico norteou e inspirou a elaboração deste texto que, mais do que relato dos resultados obtidos pelos países que se destacaram nesses eventos esportivos, questiona a "imprescindibilidade" de que ações políticas e recursos públicos sejam revertidos em medalhas olímpicas para o Brasil.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.