Demanda Energética em Situação Simulada de Luta em Atleta de Taekwondo

Por: Fábio Angioluci Diniz Campos.

88 páginas. 2011 02/09/2011

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi investigar as contribuições dos sistemas energéticos e do gasto energético total em situação de luta. A amostra foi composta de 10 atletas do sexo masculino de nível nacional/internacional (21±6 anos; 176.2±5.3cm; 67.2±9.0kg), competindo em nível internacional. Para a estimativa das contribuições energéticas e do gasto energético total, foram realizados três protocolos simulando combate (um round, dois rounds e três rounds). As lutas foram filmadas para quantificação das ações motoras em cada round. A estimativa dos sistemas energéticos aeróbio (WAER), anaeróbio alático (WPCR) e anaeróbio lático (W[La-]) foi realizada através do consumo de oxigênio durante a atividade, do delta da concentração sanguínea de lactato de cada round e do débito alático de oxigênio (DAO2), respectivamente. A razão entre as ações de elevada intensidade e momentos de baixa intensidade (step e pausa) no protocolo 3 foi ~1:7. Os resultados dos sistemas WAER, WPCR e W[La-] no protocolo 3 foi 120±22kJ (66±6%), 54±21kJ (30±6%), 8,5kJ (4±2%), respectivamente. Assim, as sessões de treinamento devem ser direcionadas principalmente para a melhoria do sistema anaeróbio alático (responsável pelas ações de alta intensidade), e do sistema aeróbio (responsável pelo processo de recuperação entre as ações de alta intensidade).

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39134/tde-03112011-083727/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.