Dentro e Fora dos Ringues: Espetáculos, Desafios Pugilísticos e Repressão Ao Boxe na Porto Alegre do Início do Século Xx (1908-1924)

Por: Jônatas Marques Caratti.

XXIX Simpósio Nacional de História

Send to Kindle


Resumo

Esta comunicação visa apresentar os resultados de nossa tese de doutorado em História defendida no início deste ano. Buscamos analisar o surgimento da prática do boxe em Porto Alegre/RS entre suas variadas fases: exibições cinematográficas, espetáculos circenses, os desafios pugilísticos e a repressão ao boxe. Em 1908 chegaram as primeiras notícias internacionais de boxe e os primeiros filmes no cinema. Em seguida, alguns circos trouxeram boxeadores estrangeiros que apresentavam o pugilismo como luta excêntrica e cômica. A partir de 1912, encontramos diversos lutadores medindo suas forças em desafios pugilístico  (principalmente estrangeiros: belgas, ingleses, franceses, norte-americanos, uruguaios). Entre 1912 e 1914 duas academias/escolas de boxe foram fundadas. A chegada do boxe à capital rio-grandense ocorreu num contexto de conflitos sociais, principalmente de brigas de rua e dos famosos pugilatos. Percebemos que a polícia reprimia qualquer atividade que fosse contrária à ordem e à moralidade (jogos populares, mendicância, vadiagem, prostituição). Assim, como o boxe ainda não era um esporte com regras e técnicas evidentes, nem havia associação ou federação que o regulasse, sua origem é associada a uma fase de marginalização. O objetivo principal de nossa tese, à luz dos conceitos e reflexões da História Social, foi perceber este período conturbado e conflitivo entre a prática pugilística (lutadores, treinadores, juízes, amadores, etc) e as autoridades locais (Estado, prefeitura, polícia, autoridades em geral). Notamos que a história do boxe viveu altos e baixos ao decorrer do século XX. A falta de uma federação (a Federação Rio-Grandense de Pugilismo é de 1944), o pouco incentivo, a perseguição às lutas e todo o imaginário de que o boxe era apenas o "jogo do murro", sem técnica, tornou seu processo de esportivização muito difícil. Buscamos também compreender que tipo de boxe era praticado, se regras eram obedecidas ou não, a imagem que o boxe possuía entre os porto alegrenses, o perfil dos lutadores, os locais de luta, enfim, todo um histórico inicial de sua prática. As fontes utilizadas foram os jornais A Federação, Correio do Povo, a Revista do Globo e o Almanaque Gaúcho Esportivo. O período inicial, de 1908, foi dos primeiros registros do boxe internacional, como a vitória do lutador negro Jack Johnson pelo título dos pesos pesados. O ano de 1924 foi da fundação de uma grande academia, a Southern Boxing Clube, na Rua Cristóvão Colombo, que acarretou os primeiros campeonatos de boxe na cidade.

Comentários


:-)





© 1996-2018 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.