Desafios: Atividades Corporais e Etno-matemática Entre os Waimiri-atroari

Por: Eduardo Sebastiani Ferrreira, Gláucio Campos Gomes de Matos, Joanico Atroari, Marcelo Waimiri e .

Jogos e Culturas Indígenas: Possibilidades Para a Educação Intercultural na Escola.

Send to Kindle


Resumo

INTRODUÇÃO
A intersecção das áreas do conhecimento é um desafi o para todos, em termos teóricos e práticos. E a construção de um modelo numa população indígena, com pouco contato com a vida urbana, sob a ótica da Educação Física – atividades corporais e da Etno-matemática é entrar num mundo diferente, do interétnico-científico. Essa experiência foi feita entre os indígenas Waimiri Atroari, local NAWA, de 11 a 16 de junho de 2007.

Essa etnia pertence ao tronco linguístico Karib e está situada nas Regiões Sul do Estado de Roraima e Norte do Amazonas, numa área demarcada de 2.585.911 hectares. No processo de contato (especialmente após o século XIX) foram, praticamente, dizimados por expedições militares, matadores profi ssionais, doenças exógenas, impactos ambientais etc., pois eram considerados empecilhos à livre exploração das riquezas naturais, construção de estradas. Na década de 60, foram sujeitos ao impacto das políticas públicas do governo militar brasileiro em nome do “expansionismo social e econômico da sociedade brasileira e para intensifi car o progresso e a integração nacional”. Eram aproximadamente 1.500 em 1974 e em 1987 estavam reduzidos a 374 pessoas. Desde essa data, desenvolveram-se políticas internas para aumentar a população e atualmente são aproximadamente 1207 pessoas, vivendo em 19 aldeias. Cada uma delas possui 1 maloca, onde até 100 pessoas compartilham do mesmo espaço.

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.