Desconstruindo o Futebol e a Erotização da Dança: Uma Experiência na Educação Física da Escola do Campo no Mata Cavalo

Por: Jorge Eto.

163 páginas. 2015 03/06/2015

Send to Kindle


Resumo

A pesquisa com a Educação Física da escola do campo matacavalense teve como objetivo implementar uma proposta curricular multicultural Pós-crítica de Educação Física, para assim, reposicionar as representações dos alunos. No tocante à metodologia, a pesquisa teve como mote a vertente qualitativa, adotando como foco as interpretações das relações sociais advindas do fenômeno pesquisado. Para tanto, recorreu-se à pesquisa-ação participante, na qual o pesquisador em conjunto com os sujeitos interferiu na realidade com o intento de desestabilizar o currículo esportivo com viés monocultural que caracterizava a Educação Física naquela insituição. Na seleção do campo de pesquisa optou-se pela escola da comunidade do Mata Cavalo, localizada próximo ao município de Nossa Senhora do Livramento -MT, pois a referida instituição possui características que a diferenciam de outras: trata-se de uma escola do campo situada em uma comunidade quilombola, com conflitos entre quilombolas e não quilombolas. Participaram do estudo os estudantes dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio e os professores responsáveis pelos componentes da investigação. Através do currículo multicultural da Educação Física foram atingidos em suas subjetivações, e, consequentemente em suas representações. O instrumento de coleta de dados escolhido foi a observação das atividades pedagógicas realizadas, as quais versaram sobre duas práticas corporais presentes na região. As intervenções foram realizadas entre abril e outubro de 2011. O material coletado transcrições das atividades desenvolvidas e registros das falas dos alunos foi submetido à análise critica, o que permitiu evidenciar as relações de poder conformadoras das identidades na escola matacavalense. No cotidiano da pesquisa foram tematizadas a erotização de uma dança regional, o Lambadão e a colonização sofrida pelos clubes de futebol do Estado. Após a análise dos dados, ficou evidente que os alunos eram detentores de uma cultura híbrida entre os significados disseminados no campo e na cidade, com um apelo maior para os artefatos culturais da cidade. Também percebeu-se a existência de ressignificações referentes à erotização da dança e a colonização do futebol mato-grossense.

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-03082015-161634/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.