Desempenho de Jovens Nadadores na Distância de 100 Metros Nado Crawl

Por: Fabrício de Mello Vitor.

2008 03/09/2008

Send to Kindle


Resumo

O presente estudo teve como objetivos descrever aspectos antropométricos, de aptidão física específica e, técnicos de nado; verificar as relações existentes entre idade cronológica, antropometria, aptidão física específica e técnica de nado com o desempenho na distância de 100 metros nado Crawl e verificar a influência das variáveis antropométricas, de aptidão física específica e, técnicas de nado sobre o desempenho de jovens nadadores na distância de 100 metros Nado Crawl. Participaram do estudo 24 nadadores púberes do sexo masculino com idade de 13,0 ± 0,7 anos. A análise de regressão múltipla (método forward) foi realizada com o propósito de explicar a variabilidade da velocidade obtida nos 100 metros Nado Crawl. Velocidade média da potência anaeróbia (r² = 0,67), índice de eficiência de nado (r² = 0,62) e velocidade crítica (r² = 0,34) explicaram em 88% a variabilidade da velocidade obtida nos 100 metros nado Crawl. O modelo de regressão estatístico foi significante ao nível de 0,05 e o erro padrão de estimativa foi de 0,03. O custo energético da prova de 100 metros Nado Crawl tem papel relevante no maior peso preditivo da potência anaeróbia assim como, a inclusão da velocidade crítica (resistência aeróbia) no modelo de regressão. Quanto ao índice de eficiência de nado, é possível assegurar que, a aplicação efetiva da força contra a água é o fator determinante da economia de movimento nesta atividade, ou seja, quanto melhor a técnica de nado, menos energia será gasta e melhor será o desempenho final

Endereço: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/39/39132/tde-17102008-142246/pt-br.php

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.