Desempenho Motor de Crianças Participantes de Atividades Esportivas Extracurriculares

Por: Francielle Cheuczuk, Hendiara Heitmann Bilibio e Vinícius de Oliveira Costa.

Conexões - v.15 - n.3 - 2017

Send to Kindle


Resumo

Estudos recentemente realizados vêm mostrando que a prática esportiva pode melhorar o nível de desempenho motor das crianças. O objetivo deste estudo foi avaliar o desempenho motor de crianças que praticam atividades esportivas em um clube esportivo de Cascavel/PR. Foi utilizado o TGMD-2 (Test of Gross Motor Development) de Ulrich (2000), para analisar o nível de desempenho motor de 26 crianças entre oito e dez anos de idade, praticantes de atividade esportivas em um clube esportivo. Concluiu-se que as crianças que praticam atividades esportivas deste estudo apresentaram resultados abaixo da média no desempenho motor grosso e no controle e objetos e na média para a idade na locomoção.

Referências:ALVES, Crésio; LIMA, Renata Villas Boas. Impacto da atividade física e esportes sobre o crescimento e puberdade de crianças e adolescentes. Revista Paulista de Pediatria, v. 26, n. 4, p. 383-391, 2008.

ARAUJO, Mauricio Pires de et al. Contribuição de diferentes conteúdos das aulas de educação física no ensino fundamental I para o desenvolvimento das habilidades motoras fundamentais. Revista Brasileira de Medicina do Esporte, v. 18, n. 3, 2012.

BIM, Ricardo Henrique. Comparação do desempenho motor de crianças entre escolas públicas de tempo integral e parcial. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2013.

BRAUNER, Luciana Martins; VALENTINI, Nádia Cristina. Análise do desempenho motor de crianças participantes de um programa de atividades físicas. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 20, n. 2, 2009.

GALLAHUE, David L.; OZMUN, John C. compreendendo o desenvolvimento motor de bebês, crianças, adolescentes e adultos. São Paulo: Phorte, 2003.

LEMOS, Marco Alexandro Teixeira. O voleibol e o desenvolvimento motor para crianças nas séries iniciais do ensino fundamental II. 2011. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) - Universidade Católica de Brasília, Brasília, 2011.

LOPES, Luís et al. Associações entre actividade física, habilidades e coordenação motora em crianças portuguesas. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, Florianópolis, v. 13, p. 15-21, 2011.

MARTINS, Vera Patrícia Dias. Desenvolvimento motor global de crianças do 1º ciclo do ensino básico com e sem prática da natação em contexto educativo. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade da Beira Interior, Portugal, 2013.

NAZARIO, Patrik Felipe; VIEIRA, José Luiz Lopes. O contexto esportivo no desenvolvimento motor de crianças. Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano, Florianópolis, v. 16, n. 1, p. 86-95, 2013.

NERIS, Karla Cristina Fernandes; TKAC, Claudio Marcelo; BRAGA, Rafael Kanitz. A influência das diferentes práticas esportivas no desenvolvimento motor em crianças. Acta Brasileira do Movimento Humano, Ji-Paraná, v. 2, n. 1, 2012. Disponível em: http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/actabrasileira/about/contact.

PIFFERO, Constance Müller. Habilidades motoras fundamentais e especializadas, aplicação de habilidades no jogo e percepção de competências de crianças em situação de risco: a influência de um programa de iniciação ao tênis. 2007. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

RÉ, Alessandro H. Nicolai. Crescimento, maturação e desenvolvimento na infância e adolescência: implicações para o esporte. Motricidade, Santa Maria da Feira, v. 7, n. 3, 2011.

REIS, Marcos A.; RIBEIRO, Maicon Augusto. Avaliação motora em crianças praticantes de voleibol. In: CONGRESSO DE EDUCAÇÃO, 9., Concórdia, 2013. Anais... Concórdia: Universidade do Contestado, 2013.

RIPKA, Wagner Luis et al. Estudo comparativo da performance motora entre crianças praticantes e não-praticantes de minivoleibol. Fitness & Performance Journal, Rio de Janeiro, v. 8, n. 6, 2009.

ROSA NETO, Francisco et al. A importância da avaliação motora em escolares: análise da confiabilidade da escala de desenvolvimento motor. Revista Brasileira de Cineantropometria de Desempenho Humano, Florianópolis, v. 12, n. 6, 2010.

SILVA, Carlos Magno Monteiro da. Diferenças motoras entre crianças desportistas e crianças somente praticantes de educação física escolar. Revista Espaço Acadêmico, Maringá, v. 9, n. 105, p. 78-86, 2010.

SILVA, P. C. R.; RABELLO, L. G.; PAIVA, I. M. R. A influência da iniciação esportiva universal no desenvolvimento motor de um grupo de escolares do ensino fundamental I. Revista ENAF Science, Poços de Caldas, v.7, n.1, p. 115-124, 2012. Disponível em: http://media.wix.com/ugd/4ab0a6_627e866c3c574cf79d0244085e6fc529.pdf

SOUZA, Michele Caroline de; BERLEZE, Adriana; VALENTINI, Nádia Cristina. Efeitos de um programa de educação pelo esporte no domínio das habilidades motoras fundamentais e especializadas: ênfase na dança. Revista da Educação Física/UEM, Maringá, v. 19, n. 4, 2008.

TEIXEIRA, Rodrigo et al. Dificuldades motoras na infância: prevalência e relações com as condições sociais e econômicas. Science in Health, v. 1, n. 1, 2010.

ULRICH, Dale A. Test of gross motor development-2. Austin: Prod-Ed, 2000.

VALENTINI, Nadia Cristina. Validity and reliability of the TGMD-2 for brazilian children. Journal of Motor Behavior, Washington, v. 44, n. 4, 2012.

Endereço: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8647365

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.