Desempenho Motor em Habilidades Básicas de Crianças Participantes e Não Participantes de Prática Esportiva Orientada

Por: Nádia Fernanda Shimitt Marinho, Nara Estefânia Costa, Patrick Costa Ribeiro Silva, e Welisney Soares Brito.

Revista da Educação Física - UEM - v.29 - n.1 - 2018

Send to Kindle


Resumo


O presente estudo teve por objetivo analisar o desempenho motor em habilidades básicas de crianças participantes e não participantes de prática esportiva orientada. A amostra foi constituída por 40 crianças de ambos os sexos com idade entre 8 e 10 anos, estudantes de uma escola privada de Belo Horizonte. Os grupos foram divididos em crianças participantes de alguma prática esportiva orientada adicional (PEA) e crianças que não participavam de nenhuma prática esportiva orientada além de aulas de educação física (GC). O desempenho em habilidades básicas foi avaliado por meio do Test of Gross Motor Development (TGMD-2). As medidas usadas foram o quociente motor amplo, escore bruto das habilidades locomotoras e manipulativas e análise qualitativa. Uma anamnese foi aplicada junto aos pais contendo perguntas sobre a rotina das crianças, tipos de lugares que costumavam frequentar no tempo livre; tempo aproximado que faziam uso de brincadeiras, tempo aproximado que costumavam fazer uso de aparelhos e jogos eletrônicos em dias úteis, classe socioeconômica da família e se participavam ou não de alguma prática esportiva orientada. Observou-se superioridade do grupo PEA sobre o grupo GC em todas as medidas do TGMD-2. O conjunto dos resultados permite concluir que o envolvimento de crianças com prática esportiva orientada pode contribuir com o processo de desenvolvimento motor. 

Endereço: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/RevEducFis/article/view/30558

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.