Desempenho Motor de Karatecas do Município de São José, Sc

Por: .

58 Reunião Anual da SBPC

Send to Kindle


INTRODUÇÃO:

Durante o processo de desenvolvimento motor ocorre uma série de mudanças físicas, onde os fatores do crescimento físico, da maturação, do desenvolvimento da aptidão física, da atividade física, da idade e da experiência estão inter-relacionados. As mudanças estão representadas pelas alterações das características somatomotoras do indivíduo que em diferentes aspectos relaciona-se com o desempenho da aptidão física. A aptidão física possui elementos relacionados á saúde e ao desempenho, sendo que a interação entre os componentes de aptidão e atividade física estão mais voltadas para as capacidades de resistência cardiorespiratória, força, resistência muscular, flexibilidade e composição corporal. Concomitantemente a aptidão relacionada ao desempenho e a atividade física estão mais dirigidas ás capacidades de velocidade, coordenação, força explosiva, equilíbrio e agilidade. Uma boa performance motora é um atributo fundamental no repertório de conduta motora de crianças e adolescentes, tornando-se assim essencial para a efetiva participação em programas de atividade física. Desse modo, tem crescido consideravelmente o número de estudos que buscam obtenção de informações relativas aos índices de desempenho motor entre os integrantes da população jovem. O objetivo do presente estudo foi analisar o desempenho motor de crianças com idades de 7 a 16 anos, de ambos os sexos, praticantes de Karate em um projeto social do município de São José, SC.


METODOLOGIA:

Os participantes desse estudo foram 60 jovens (40 meninos e 20 meninas), com idades entre 07 e 16 anos, médias de 11,21±2,6 anos e 10,93±2,1 anos de idade respectivamente para meninos e meninas, praticantes da modalidade de Karate. Todos os atletas apresentavam um volume de treinamento em torno de 90 minutos e uma freqüência de 2 dias de treinos por semana e um tempo de prática da modalidade de 14,14±14,9 meses. Foram submetidos à bateria de testes estabelecida pelo PROESP - BR, Projeto Esporte Brasil, o qual tem por objetivo avaliar a aptidão física relacionada à saúde e ao desempenho motor, foram aplicados os seguintes testes e medidas: medida de estatura, massa corporal, envergadura, teste "Sentar e alcançar" (flexibilidade), abdominal (resistência abdominal), salto em distância (força de membros inferiores), arremesso de medicineball (força de membros superiores), quadrado (agilidade) e corrida de 20 metros (velocidade). A análise dos dados foi realizada por meio da estatística descritiva (média, desvio-padrão).


 RESULTADOS:

Em relação aos testes de desempenho motor, obtiveram-se os seguintes resultados considerando as médias e desvio padrão para cada um dos testes aplicados e respectivamente para meninos e meninas: Estatura (145,67±17,0 e 143±14,7); Massa Corporal (40,85±15,8 e 36,15±12,8); IMC (18,58±3,8 e 17,15±3,2); Envergadura (150,50±18,7 e 144,25±15,5); Flexibilidade (31,80±6,2 e 34,21±5,4); Abdominal (29,75±8,7 e 25,05±8,7); Força de membros inferiores - FMI (136,86±24,5 e 117,27±18,1); Força de membros superiores - FMS (307,60±100,6 e 241,45±62,8); Agilidade (7,05±0,7 e 7,29±0,5) e Velocidade (4,01±0,5 e 4,19±0,4). O PROESP trás uma tabela de normas para a classificação do desempenho motor e da saúde, considerando as médias obtidas pelos jovens nas variáveis de FMI, FMS, agilidade e velocidade eles estão com o desempenho muito abaixo do esperando sendo que a FMS foi razoável para as meninas e bom para os meninos, e nas demais variáveis ficaram classificados de fraco para muito fraco em ambos os sexos.


CONCLUSÕES:

De acordo com os resultados obtidos permitem perceber que os praticantes estão em geral com uma boa aptidão física relacionada à saúde, porém quanto ao desempenho motor encontram-se muito abaixo do esperado. Isso permite-nos concluir que as atividades desenvolvidas no projeto estão mais relacionadas à saúde do ao desempenho de variáveis como força, agilidade e velocidade, qualidades físicas voltadas a performance.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.