Desempenho Relacionado à Saúde em Mulheres

Por: Cândido Simões Pires Neto e Kaimi Pereira Costa.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.11 - n.3 - 2009

Send to Kindle


Resumo

O estudo objetivou determinar os indicadores de desempenho relacionados à saúde em mulheres. Participaram da amostra 457 mulheres, sendo as idades distribuídas pelas faixas etárias de 20 a 29 anos (N=158), 30 a 39 anos (N=171) e de 40 a 49 anos (N=128), todas residentes no estado do Paraná, sendo analisadas as variáveis da estatura (m), massa corporal (kg), IMC, RCQ (cm), resistência muscular abdominal (repetições), flexibilidade (cm) e força das mãos direita e esquerda (kgf). Para a análise das variáveis, foram utilizados a estatística descritiva, a ANOVA unifatorial e o teste post hoc de Tukey, sendo p ≤ 0,05. Os resultados apontaram que, excetuando-se as categorias (bom e excelente) de força da mão direita, nas idades entre 30-39 anos, e nas categorias (bom e excelente) de força da mão esquerda, nas idades de 40-49 anos, todas as demais médias em cada categoria diferiram entre si (p ≤ 0,05). Observou-se maior incidência de mulheres com IMC e RCQ inadequados e baixa aptidão de resistência muscular abdominal, nas idades entre 40- 49 anos. A baixa flexibilidade foi mais intensa nas idades entre 20 e 29 anos. Os padrões de alterações de força de preensão manual direita e esquerda, entre os grupos etários foram pequenos.


 

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/1980-0037.2009v11n3p274

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.