Desenvolvendo Potencialidades de Alunos Cadeirantes

Por: C. M. P. Filho, E. S. Bezerra, K. A. T. Lopes e M. L. C. Amorim.

XIV Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Objetivo:
Uma das causas mais comuns que poderá levar uma pessoa à condição de usuário de cadeira de rodas é a lesão medular traumática, mas há também causas não traumáticas, como por exemplo, hérnia de disco, poliomielite, má formação congênita, entre outras. O objetivo deste trabalho foi realizar atividades físicas para estimular a melhora das capacidades psicomotoras e maior interação social com o intuito de promover o bem-estar de alunos que participam no Programa de Atividades Motoras para Deficientes da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade Federal do Amazonas.

Metodologia/Resultados:
As atividades foram realizadas com um grupo de 06 alunos com deficiência motora, usuários de cadeira de rodas. As aulas aconteceram duas vezes por semana com duração 75 minutos. As atividades desenvolvidas foram desportos coletivos e exercícios de força, agilidade, flexibilidade, equilíbrio e velocidade, todos estes voltados a ações motoras do dia a dia. Durante o desenvolvimento das aulas desde março a outubro, observou-se uma melhoria nas capacidades físicas dos alunos, podendo ser notadas nos desportos coletivos, os quais envolvem todos os exercícios necessários para um melhor desempenho físico.

Conclusão:
Os conteúdos programáticos envolvidos no Programa de Atividades Motoras para Deficientes (PROAMDE), além de ser uma forma de interação social, é fundamental para o bem-estar já que este não é somente o desprovimento de enfermidade, mas estar bem mental e socialmente, e as atividades propostas neste programa têm o intuito de atender a esta definição, através do desenvolvimento de potencialidades.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.