Desenvolvimento de Capacidades Físicas Para Usuários de Cadeiras de Rodas

Por: Patricia Dineli de Souza.

11° Congresso Brasileiro de Atividade Motora Adaptada - CBAMA

Send to Kindle


Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar o desenvolvimento das capacidades físicas em usuários de cadeira de rodas a partir de jogos desportivos. Participaram 8 indivíduos de ambos os sexos, com idade entre 15 e 48 anos, com lesão medular traumática ou não traumática, todos participantes do Programa de Atividades Motoras para Deficientes (PROAMDE). Foi utilizada a Bateria de Testes de Aptidão Física. A intervenção teve 31 sessões, com 1 hora e 15 minutos cada. No teste de Força de Preensão Manual Direita, o valor obtido da média das avaliações foi de 26,83 kg. Na Força de Preensão Manual Esquerda foi 26,87 kg, sendo médias próximas entre as avaliações. No teste de Corrida de 40 metros, o valor encontrado da média foi 15s 2. Em potência de membros superiores 3,67 (intermediário). Em Agilidade tivemos uma média de 17s77. Algumas médias dos subtestes das Avaliações Finais regrediram em relação às Avaliações Iniciais. Este estudo revelou que habilidades específicas de Aptidão física no contexto esportivo, podem ser desenvolvidas se seguidas rigorosamente. Considera-se para uma parte da população usuária de cadeiras de rodas, uma contribuição positiva para as capacidades físicas no contexto esportivo.

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.