Send to Kindle


Resumo

Introdução e objetivo(s): O termo “desenvolvimento esportivo” é amplamente utilizado por acadêmicos e profissionais do esporte. Os diferentes conceitos atribuídos às palavras “esporte” e “desenvolvimento” geraram diferentes interpretação desses termos justapostos. O uso dos conectivos entre as duas palavras pode levar a uma maior ênfase ao significado de esporte ou de desenvolvimento, sendo as categorias “desenvolvimento do esporte” e “desenvolvimento pelo esporte” as mais utilizadas na literatura científica (Houlihan & White, 2002; Shilbury, Sotiriadou, & Green, 2008). O “desenvolvimento pelo esporte” tem recebido uma grande atenção da literatura devido aos diversos objetivos não esportivos que podem ser alcançados com a prática esportiva. Em contrapartida, o “desenvolvimento do esporte”, que promove a prática esportiva como fim em si mesmo, é a temática que recebeu menos atenção dos estudiosos nos últimos anos (Shilbury et al., 2008). O objetivo geral desse estudo é investigar o estado da arte do “desenvolvimento do esporte” na literatura científica internacional. Como objetivos específicos pretendemos identificar em quais áreas do conhecimento são realizados os estudos sobre desenvolvimento do esporte, qual o conceito utilizado por estudos de diferentes áreas, como se deram as publicações ao longo dos últimos anos e quais as regiões geográficas de publicação desses trabalhos. Métodos: A revisão integrativa corresponde a um amplo método de revisão de literatura, que permite a inclusão de estudos experimentais e não experimentais, a fim de compreender melhor o fenômeno investigado. Esse tipo de revisão possibilita combinar dados quantitativos e qualitativos, assim como diferentes tipos de desenhos metodológicos (Whittemore & Knafl, 2005). Essa capacidade é importante dado que a temática “desenvolvimento do esporte” será investigada em diversas áreas do conhecimento que utilizam diferentes percursos e recursos metodológicos. Devido ao amplo universo de pesquisa, restringimos nossa base de dados às revistas científicas na área da Educação Física. Para isso, identificamos todos os periódicos que publicam estudos relacionados às ciências humanas e sociais na área de “Sport Science” no Scientific Journal Rankings (www.scimagojr.com) referente ao ano de 2017. Em seguida, acessamos os periódicos selecionados e utilizamos como palavras chaves “sport” AND “development” abrangendo a busca aos títulos e resumos. Não definimos o limite inferior para a publicação dos estudos, e o limite superior foi estabelecido no último momento de coleta de dados, em janeiro de 2019. Os estudos foram primeiramente selecionados pelos títulos, e em seguida pelos resumos. Depois dessa análise inicial, os textos selecionados foram lidos na íntegra, chegando à amostra final desse estudo. Apenas artigos publicados em inglês foram considerados nesse trabalho. Resultados e Discussão: Ao todo foram analisadas as publicações de 25 revistas científicas na área das Ciências do Esporte. A partir das palavras chaves, 16597 artigos foram encontrados. Com base nos títulos, foram selecionados 127 estudos, e após a análise dos resumos foram selecionados 84 estudos para a leitura na íntegra. Após a leitura dos textos completos, a amostra final desse estudo foi composta por 66 artigos. A maioria dos estudos foram publicados em revistas sobre história do esporte (36%) e sociologia do esporte (35%). Os demais estudos (28%) foram publicados em periódicos relacionados à gestão do esporte. Em contrapartida, apenas os trabalhos publicados em revistas da gestão apresentaram explicitamente o conceito de “desenvolvimento do esporte” que, baseados no referencial teórico das pesquisadoras Christine Green (2005) e Popi Sotiriadou (2008), transitam entre o aumento da participação e do desempenho esportivo. Já os estudos no campo da história e sociologia, não apresentam explicitamente o conceito, mas implicitamente também abordam questões relacionadas à participação e ao desempenho. Os trabalhos nas áreas da sociologia e história mostram que o esporte está imerso em contextos sociais, políticos e econômicos específicos, sendo seu desenvolvimento dependente das suas características culturais. Os estudos na gestão investigaram, em sua maioria, os agentes e/ou as implicações de programas, políticas e eventos no desenvolvimento do esporte. Os primeiros estudos datam da década de 70 e apresentam um crescimento exponencial ao longo dos anos. Esse aumento pode refletir um maior interesse pelo tema e também o surgimento de novas revistas científicas nas áreas de gestão, história e sociologia do esporte. A maioria dos estudos foram conduzidos por pesquisadores Europeus (41%), Australianos (38%) e Norte Americanos (33), revelando uma preocupação ocidental com a temática. Considerações Finais: O conceito de desenvolvimento do esporte ainda não é consolidado na literatura científica, transitando entre as definições de aumento na participação e/ou desempenho. A revisão integrativa revelou um aumento da quantidade de estudos ao longo das últimas cinco décadas com um vasto campo ainda a ser explorado. Aspectos sociais, históricos e gerenciais relacionados ao desenvolvimento do esporte podem ser explorados com maior profundidade, principalmente em países da América do Sul, África e Ásia que apresentam contextos políticos, 

Endereço: https://eventos.ufpr.br/SIGPE/SIGPE2019/paper/view/1492

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.