Desenvolvimento e Validação de Um Questionário de Autoeficácia Metacognitiva Para Atletas em Nível Universitário

Por: .

120 páginas. 2006 00/00/0000

Send to Kindle


Resumo

Dados da literatura especializada tendem a revelar a grande relação existente entre o desenvolvimento das funções mentais e a performance motora nas mais variadas modalidades esportivas. Por conseguinte, o desenvolvimento de novos métodos e instrumentos de análise surge para facilitar a pesquisa e orientar novas diretrizes de trabalho. No caso da metacognição é fundamental que o conceito teórico deste processo básico cognitivo seja claramente explicitado. Assim, a primeira parte da investigação, partiu de uma revisão bibliográfica que pretendeu analisar os instrumentos metacognitivos já existentes. Nessa revisão, foi possível verificar que o interesse crescente no fenômeno metacognitivo contrasta com a dificuldade de mensurá-lo e que a busca de um instrumento capaz de respeitar o conceito de metacognição se faz necessário. Para tal, a Ficha de Observação de Conhecimento Metacognitivo (ALBINO, 2003) foi inicialmente revisada. Esta análise inicial resultou assim, em uma primeira versão, denominada Questionário Metacognitivo para Atletas (QMA). Em um estudo piloto, esta versão foi aplicada a atletas (n=300) de ambos os sexos, praticantes de modalidades coletivas e individuais, nas Olimpíadas Universitárias 2008. As dificuldades relatadas pelos participantes motivaram a elaboração de uma segunda versão do questionário original. Esta nova versão foi denominada de Questionário de Auto-eficácia Metacognitiva para Atletas (QAEMA). Perspectivando a validação de tal instrumento, foram elencadas três etapas no desenvolvimento do QAEMA que se referem à verificação de suas propriedades psicométricas: a) Em relação à validade de conteúdo, o instrumento passou pela análise de três especialistas no assunto; b) Em relação à confiabilidade, coube verificar a consistência interna, através do alfa de Cronbach ( > 0,80); c) Por fim, através do coeficiente de correlação de Spearman,verificou-se a consistência ou estabilidade das respostas ao longo do tempo (teste-reteste; n=306). Os achados desta investigação poderão servir de alicerce, para que novos estudos possam ser realizados no âmbito esportivo, mais precisamente no que tange a melhora da performance metacognitiva dos atletas.

Endereço: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=175861

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2020 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.