Desenvolvimento e Validação de Modelos Matemáticos Para Estimar a Massa Corporal Magra em Meninos de 12 a 14 Anos, Por Densitometria e Impedância Bioelétrica

Por: Renato Shoei Yonamine.

Revista Brasileira de Cineantropometria & Desempenho Humano - v.2 - n.1 - 2000

Send to Kindle


Resumo

Os objetivos deste estudo foram: a) desenvolver e validar modelos de equações para estimar a massa corporal magra, específica para meninos de 12 a 14 anos de idade; b) proceder à validação de equações desenvolvidas por outros investigadores na amostra estudada. Participaram do estudo 93 meninos de 12 a 14 anos (31 para cada idade). A técnica de regressão múltipla, Stepwise, com seleção Forward, foi usada no desenvolvimento das equações para estimativa da massa corporal magra. Foram utilizadas as seguintes variáveis para o desenvolvimento das equações: massa corporal (mc), estatura (est), Perímetro da coxa (Pcx), Resistência elétrica corporal (R), índice de resistência (IR) e índice de massa corporal (IMC), bem como a pesagem hidrostática, usada como referência. A análise de validação das equações propostas neste estudo foi realizada através dos seguintes parâmetros estatísticos: média, desvio padrão da amostra, correlação simples de Pearson, teste t pareado, erro constante e erro padrão de estimativa. Foram desenvolvidos quatro modelos com variáveis de biorresistência e um modelo com variáveis antropométricas. As correlações múltiplas (Rm) das equações desenvolvidas variaram de 0,905 (B1) a 0,965 (B2) e erro padrão de estimativa (EPE) de 2,413 kg (B1) a 1,847 kg (B2). A validação foi realizada com uma amostra independente de 22 meninos que não participaram da amostra de regressão. Neste procedimento, Rm variou de 0,968 (B1) a 0,984 (B4) e EPE de 2,070 kg (B2) a 1,492 kg (B4). Concluindo que os modelos matemáticos desenvolvidos são válidos para serem usados em meninos de 12 a 14 anos, estudantes da rede pública de Campo Grande-MS. Os melhores modelos são : (B4) mcm = 0,18048 (IR) - 0,52213 (IMC) + 0,72394 (mc) + 8,67736, (Rm = 0,984) (EPE = 1,492 kg); (B3) mcm=0,70837* mc - 0,01159* R + 14,27037, (Rm= 0,978) (EPE= 1,667); e a equação antropométrica (A) mcm = 0,99325* mc - 0,46533* Pcx + 16,34502, (Rm=0,968) (EPE= 1,779 kg).

Endereço: https://periodicos.ufsc.br/index.php/rbcdh/article/view/3961

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.