Desidratação e Balanço Hídrico em Meia Maratona

Por: Ayla Flávia Guimarães Frazão, Ednei Costa Maia, , Herikson Araujo Costa, Jurema Gonçalves Lopes Castro Filha, Mario Norberto Sevilio de Oliveira Junior e Raphael Furtado Marques.

Revista Brasileira de Ciências do Esporte - v.36 - n.2 - 2014

Send to Kindle


Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o nível de desidratação a partir do balanço hídrico e da Densidade da Urina (Du) em corredores de meia maratona. Participaram do estudo 18 indivíduos do sexo masculino. A ingesta hídrica foi “ad libitum” e realizou-se análise da Du no início e ao final da corrida, bem como medidas de pesagem e estatura. As condições ambientais (33,30 ± 5,30 ºC e 57,50 ± 13,60% de URA) foram registradas por meio de termo-higrômetro digital. Os indivíduos terminaram e começaram a prova desidratados, havendo uma diferença significativa no peso corporal (4,11%). Conclui-se que a ingesta hídrica “ad libitum” não foi suficiente para a manutenção do balanço hídrico.

Endereço: http://revista.cbce.org.br/index.php/RBCE/article/view/1712

Ver Arquivo (PDF)

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.