Desinibição, Espontaneidade e Codificação Percebida Pelos Alunos de Expressão Corporal

Por: Inma Canales Lacruz e María Inés Táboas-pais.

Movimento - v.19 - n.4 - 2013

Send to Kindle


Resumo

Este artigo examina as percepções a respeito da desinibição, espontaneidade, e a codificação de alunos e alunas nas tarefas da disciplina de expressão corporal. A amostra foi composta por 18 pessoas -24,46 ± 2,22 anos-, alunos/as da Universidade de Vigo (Espanha). Análise dos dados foi realizada pela técnica de análise de conteúdo dos diários de práticas dos alunos/as. Para o tratamento dos dados foi utilizado o software de análise qualitativa NVIVO8. Os resultados mostraram que: a interação visual e tátil inibe o compromisso expressivo, os slogans com base em metáforas facilitam o movimento espontâneo e a codificação do gesto favorece a transmissão de mensagens.

Endereço: http://seer.ufrgs.br/index.php/Movimento/article/view/31086

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.