Desporto, Infância e 0 Ensino do Pular Corda

Por: Edmilson Santos dos Santos.

VII Congresso de Educação Física e Ciências do Desporto dos Países de Língua Portuguesa

Send to Kindle


Resumo

Este trabalho teve como objetivo desenvolver a desportividade de crianças de 7 e 8 anos através do pular corda. Essa proposta fez parte do programa da disciplina de educação física da Escola Municipal Presidente Vargas/Porto Alegre. Cinco turmas participaram desse projeto. O primeiro momento desse trabalho foi fazer um pré-teste para separar as crianças em diferentes níveis de aprendizagens. Essa separação permitiu um desenvolvimento equânime do tempo de contato com esse desportos nos cinco grupos de trabalho. Apenas 48% das meninas e 26% dos meninos conseguiam dar dez saltos consecutivos. Desenvolvida essa atividade durante três meses, apenas 5% das crianças não estavam no estágio mais avançado de trabalho. Para finalizar essa aprendizagem realizamos uma competição de pular corda para todos as crianças interessadas. Sete modalidades desportivas foram espalhadas pelo pátio onde as crianças poderiam se inscreverem livremente. Participaram pelo menos em uma modalidade 128 crianças das 135 presentes. Considerando as crianças que estavam, no ponto de partida, no estágio mais avançado, elas foram responsáveis por 48% das colocações de 1o ao 5o lugares. Os outros 52% foram formados pelas crianças dos estágios menos avançados. Quando cruzados com outros dados como sexo e número de atividades competidas verificamos que a vivência inicial nessa atividade permitiu ao grupo que já dispunha dessas habilidades levar uma ligeira vantagem em relação a seus colegas. Mas isso não foi determinante para que um número expressivo de crianças, que estavam nos estágios iniciais, pudessem participar ativamente do campeonato e fossem responsáveis por um número maior de posições na tabela de classificações. O trabalho também possibilitou o resgate de uma atividade que já estava esquecida do cenário cultural daquela comunidade e permitiu que ela fosse vivenciada por meninos e meninas.

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.