Determinação do VO2 Máximo Pelo Método Indireto em Mulheres de 30 a 40 Anos de Idade do Município de Boa Esperança PR

Por: Ana Paula Gaspareli.

Caderno de Educação Física e Esporte - v.6 - n.11 - 2004

Send to Kindle


Resumo

O estudo teve como objetivo verificar o desempenho aeróbico máximo em mulheres entre 30 e 40 anos de idade da cidade de Boa Esperança, Paraná. Sendo a amostra dividida em dois grupos, mulheres sedentárias e mulheres ativas. O grupo das ativas está subdividido em mulheres que fazem somente caminhada, outro em mulheres que fazem somente ginástica aeróbica e um terceiro grupo que fazem a caminhada e a ginástica aeróbica. Utilizamos a estatística descritiva com valores de média, desvio padrão e para comparação dos dois grupos utilizou-se o teste “t” para amostras independentes, com p<0,05. Com o trabalho verificou-se que os desempenhos das mulheres foram mais significativos no teste de caminhada (Rockport), discriminando os diferentes grupos (mulheres ativas e sedentárias). Já o teste sem esforço (TSE) não apresentou diferenças significativas estatisticamente para os diferentes grupos.

Endereço: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/1741

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.