Determinação Indirecta do Máximo Vo2 com Base no Teste de Cooper em Jogadores de Futebol.

Por: F. A. Pereira, R. F. Duarte e T. M. Fiúza.

Motricidade - v.1 - n.4 - 2005

Send to Kindle


Resumo

Duarte, RF; Fiúza, TM; Pereira, FA (2005). Determinação indirecta do máximo VO2 com base no teste de Cooper em jogadores de Futebol. Motricidade 1 (4): 239-245. Resumo Este estudo teve como principal objectivo verifi- car a validade do teste de Cooper na predição do máximo VO2 relativo para a amostra em estudo. Para tal, foi analisada a associação de um teste de laboratório (tapete rolante) com um teste de terreno (teste de Cooper), correlacionando os valores de VO2pico relativo do primeiro, com a distância percorrida no segundo teste, utilizando uma análise estatística de correlação bivariada, através do coefi- ciente de Pearson. A amostra foi constituída por um n=16, jogadores de futebol, juniores masculinos com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos de idade. Correlacionando os valores obtidos de VO2pico relativo, na prova tapete rolante, e a distância percorrida, no teste de Cooper, obtivemos um r=0,75 (p<0.01), o que revelou um nível de correlação aceitável entre os referidos testes. Concluímos então que o teste de Cooper pode ser utilizado para a avaliação da potência máxima aeróbia, ainda que seja necessário controlar alguns factores que poderão afectar a prestação dos atletas e consequentemente os resultados obtidos. Os valores médios do máximo VO2 (59,01+6,57 ml/kg/min) encontram-se de acordo com os valores de referência que a literatura sugere para jogadores de elite. Palavras-chave: maxVO2 relativo, teste de Cooper, tapete rolante data de submissão: 30-05-05 data de aceitação: 06-10-05 Abstract Indirect assessment of peak VO2 from the Cooper Test in football players The aim of this study was to verify the validity of the Cooper test to predict the relative peak VO2 studying junior male football players. For such, a comparison of a test in laboratory (non motorized treadmill) with a field test was carried through (Cooper test), correlating the values of relative peak VO2 of the first one, with the distance covered in the second. We were using a statistics analysis of bivaried correlation, through the coefficient of Pearson. The sample was composed by male junior football players (n=16) with ages between the 15 and 18 years of age. Correlating the gotten values of relative peak VO2, in the test of the non motorized treadmill, with the distance covered, in the Cooper test, a significant association was found (r=0,75, p<0.01). Therefore, we may conclude that the Cooper test can be used for the evaluation of the maximum aerobic power. The peak VO2 mean values (59.01+6,57 ml/kg/min) are within the reference values provided by the literature for elite football players. Keywords: Relative peak VO2, Cooper test, non motorized treadmill. 239 { Investigação

Tags:

Comentários


:-)





© 1996-2019 Centro Esportivo Virtual - CEV.
O material veiculado neste site poderá ser livremente distribuído para fins não comerciais, segundo os termos da licença da Creative Commons.